Arquitetos Rebeldes 2017

Em 2017, a segunda edição do Arquitetos Rebeldes buscou configurar-se como um espaço-tempo para imaginar alternativas diferentes das impostas por esta realidade, entretanto, nesta realidade: reconhecer as possibilidades dentro das restrições do Brasil contemporâneo. Ampliar, portanto, nossa visão do possível.

Arquitetos Rebeldes 2015

A primeira edição do "Simpósio sul-brasileiro sobre as políticas da habitação" buscou um espaço de encontro entre os três atores que historicamente são os compositores das ideias e das lutas pela habitação adequada no Brasil: os intelectuais, os movimentos sociais e o Estado. Seus papéis por vezes se sobrepõe, confundem-se, em diálogos conflituosos. Mas o fato é que os três participam, desde os anos 1960, com suas práticas políticas da formação da ideia de Direito à Cidade no Brasil.
Por consequência, o simpósio foi organizado em três mesas-redondas, que aproximaram professores, técnicos, arquitetos e urbanistas, militantes, construtores e moradores para discutir as políticas de habitação no Brasil meridional.

ISSN 2448-3117
contato
  • Facebook
  • YouTube